segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Dica: Como Limpar o Caixote de Lixo

Cá em casa comemos muitos ovos, fruta e vegetais, o que resulta num lixo orgânico mesmo muito mal cheiroso. Se houvesse concurso, ganharíamos certamente. São as cascas dos ovos, a fruta e os vegetais que entretanto apodrecem - tendo uma pequena quinta, assim que as árvores dão fruto, e mesmo distribuindo-a por família e amigos, nem sempre é possível conseguir comer tudo…

Tinha a certeza que haveria truque para evitar o mau cheiro e não ter de lavar o caixote de lixo com tanta frequência. Pus-me a pensar… que coisas é que eu conhecia que absorvessem os maus cheiros…? Lembrei-me das coisas mais óbvias, vinagre, bicarbonato de sódio, mas não sabia como pô-los em prática neste caso. E, de repente, surgiu-me uma ideia: AREIA DE GATO!!! Tive de esperar pela manhã seguinte para ir comprá-la mas confesso que foi difícil adormecer nessa noite, estava super entusiasmada com a ideia, ao mesmo tempo que pensava ser maluca por não ter gatos e ir comprar areia de gato para o meu caixote de lixo. But… who cares?

No dia seguinte, lavei o caixote de lixo, despejei parte da areia de gato para dentro do caixote (faz uma nuvem de pó gigante), pus o saco do lixo e, desde então, não quero outra coisa. Ok, é de loucos, mas funciona! (e, para adicionar ainda mais maluqueira à coisa, há areia de gato com cheiros, lavanda, aloé vera, etc.).


Como limpar o caixote de lixo:
  1. Calçar luvas e evitar retirá-las durante a limpeza do caixote de lixo.
  2. Colocar o caixote de lixo na banheira. Lavar o interior com o chuveiro com pressão elevada, usando água bem quente. Despejar a água.
  3. Limpar o interior e exterior do caixote com detergente de loiça e esfregar com uma escova de cerdas duras. (eu uso uma escova de engraxar sapatos; para os sítios mais difíceis de chegar, uso uma escova de limpar unhas)
  4. Retirar o detergente com água quente e virar o caixote de lixo ao contrário para que a água escorra e sequem por completo.
  5. Retirar a humidade residual com um pano de microfibras seco.

Depois da lavagem do caixote, coloquei a areia de gato. É barata e encontra-se em qualquer supermercado. Eu tenho usado sempre a de marca branca, mais barata, e funciona bem. Para além de evitar o mau cheiro, quando o saco do lixo tem algum furo e os sucos de vegetais ou fruta escorre, a areia de gato absorve esse líquido, só troco a areia e o caixote continua limpo.



Recomendo a compra de um caixote de lixo de boa qualidade, para além de facilitar a limpeza, não enferruja. São um pouco mais caros, mas este investimento inicial depois compensa. Não vão ter de comprar outros nos próximos 100 anos. Os meus são da marca Brabantia.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Dica: Como Limpar o Microondas

Antes de ir de férias, gosto de dar uma limpeza na casa. Não há nada como voltar de férias e chegar a uma casa limpa e arrumada! Nestes últimos dias, dei uma limpeza mais profunda na cozinha. Já partilhei aqui como limpar o fogão e hoje vou explicar como limpei o microondas, deixando-o impecável.

O microondas é um equipamento fácil de limpar, se utilizarmos uma tampa própria de microondas, evitando que a comida ao ser aquecida espirre, sujando todo o interior do microondas e se tivermos o cuidado de limpar os salpicos de imediato, com um pouco de detergente de loiça.
Mas, se o microondas precisar de uma limpeza mais profunda, como aquela que eu fiz ontem, a tarefa também não será muito complicada, se seguirem os seguintes passos.

[WikiHow]



Como limpar o microondas:
  1. Calçar luvas e evitar retirá-las durante a limpeza do microondas.
  2. Encher uma taça de vidro até meio com água e fervê-la durante 2 minutos na potência máxima. Manter a porta do microondas fechada outros 2 minutos para que o vapor de água possa humeder restos de comida já secos.
  3. Retirar a taça de vidro (não deitar fora a água quente, que será necessária depois) e a base giratória do microondas.
  4. Limpar o interior com um pano suave com um pouco de detergente de loiça e, depois, retirar o detergente.
  5. Na água quente, juntar uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Humedecer o pano com esta mistura e limpar todo o interior e superfícies exteriores, insistindo nas zonas mais sujas.
  6. Retirar por completo a mistura utilizada com um pano de microfibras humedecido apenas em água e secar com um pano de microfibras seco.
  7. Lavar o prato giratório em água quente com detergente de loiça. Se for necessário, esfregar com um esfregão verde e a mistura de água quente com bicarbonato de sódio. Secar e colocá-lo de volta no microondas.
Atenção!: Nunca utilizar produtos de limpeza ou esfregões abrasivos, estes vão riscar o microondas.



Este é o meu microondas acabado de limpar, parece que nunca foi usado!

domingo, 19 de julho de 2015

Leituras de Domingo #6

Já não partilhava há algum tempo algumas das leituras mais inspiradoras da semana!

As leituras desta semana são:
  • No artigo What are the Medical Consequences of Tobacco Use? poderão encontrar informação sobre as consequências de se ser fumador activo e/ou passivo e o empurrãozinho que faltava para parar de fumar! Nota: Este artigo contém imagens que poderão ser consideradas chocantes.
  • Cada vez recorremos mais à venda de objetos que já não precisamos e à compra de artigos em segunda mão. Descobre que compras não deves arriscar quando os artigos não são novos no artigo Don't Buy These Things at a Garage Sale
  • Tendo a casa cheia de limões, não sabia o que havia de fazer, descobri uma receita de Bolo de Limão Inteiro que parece ser deliciosa no blogue Chá & Girassóis. Vou experimentar!

[Blogue Chá & Girassóis]

sábado, 18 de julho de 2015

10 Ideias de Organização (e Decoração) para Potes de Vidro

Sabem aqueles iogurtes que se vendem em potes de vidro?

Sempre que comprava esses iogurtes, ia guardando os potes e apesar de não terem tampa, tinha a certeza que iriam ajudar na organização da casa. Além disso, como são de vidro, para limpar não é preciso nenhum cuidado especial, basta pô-los na máquina de lavar.

Andei a pesquisar as coisas que poderia organizar com eles e encontrei algumas ideias giras.


O que organizar com potes de vidro?

  • Separar clips, molas, agrafos, elásticos, etc.
  • Guardar lápis, canetas, pincéis caso sejam altos.
     
    [HGTV]
 
  • Separar missangas, pedras, conchas para pulseiras e colares.
     
  • Separar botões por cor, linhas e agulhas 
 
[Justaluckyboy]

  • No wc, organizar pincéis, pinças, tesoura, lápis de olhos, lápis de lábios, rímel, etc.
     
  • Na cozinha, separar rolhas de cortiças de outras tampas de garrafa.
 
[TrashBackwards]

 
Outros usos a dar:
 
  • Para pequenas doses de doce de colher, cobrindo com alumínio quando for ao frigorífico.
  • Se forem altos, servir bebidas.
[Julia Ryan]

  • Na decoração, iluminar, colocando velas.
  • Para decorar, forrando com crochet
[Annaboo's House]

sexta-feira, 17 de julho de 2015

O que não querem que saibamos acerca da perda de peso!

Quem já tentou perder peso sabe que não é uma tarefa fácil…

Mal começa a Primavera, capas de revistas afirmam ter uma solução fácil para se perder peso até ao primeiro dia de praia. Mas não são apenas as revistas que vivem deste negócio… Todos os anos aparecem novos comprimidos, cápsulas, ampolas e cremes que asseguram promover um corpo muito desejável, perfeito até. Anúncios na rádio, na televisão, pelas ruas… todos dizem ter encontrado um segredo para uma mudança miraculosa.

[

Ewa Urban

]


Quem se encontra desesperado, depois de um número de dietas que falhou e já sem saber o que fazer, acaba por cair na tentação. Existem sempre dietas que estão na berra porque famosos a seguiram. Tenta-se a tal dieta miraculosa durante uma semana, quinze dias ou talvez um mês. No início perdem-se alguns quilos mas depois, com tanta restrição, não dá para aguentar mais.

Porque voltamos ao mesmo ponto de partida? 

As tais dietas realmente têm alguns efeitos nas primeiras semanas mas, depois, o peso regressa e ganham-se ainda uns quilos extra. Fica a sensação de que nós é que falhámos porque a dieta estava realmente a resultar, nós é que não fomos fortes o suficiente para continuar a segui-la. A grande questão é que dietas restritivas não são criadas para o sucesso a médio ou longo prazo.
 
Há uns anos atrás, um médico me contava que o maior lucro que as farmácias têm não resulta dos medicamentos vendidos mas sim de todo o tipo de produtos que não necessitam de prescrição médica. Os cremes e cápsulas de emagrecimento, etc... Já há muito tempo que várias indústrias se aproveitam do desespero e desconhecimento do consumidor!
 
Mas não há nada à venda que possa substituir o nosso esforço e o nosso amor-próprio. A indústria preocupa-se apenas com as vendas, se estão a fazer bom dinheiro e não nos efeitos secundários que os seus produtos terão na nossa saúde.


Como dar a volta por cima e ter sucesso na perda de peso?
Quem quer perder peso deve aprender noções básicas de nutrição, deve ler, deve informar-se. Falar com o médico de família e consultar um nutricionista e não obter conhecimento através da revista que está na banca que recebeu €€€ da marca X para falar dos grandes feitos dos seus produtos.


Não se deixem cair nas estratégias de marketing puro...


A nossa maior arma é o conhecimento!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Dica: Remover nódoas de chocolate

Enquanto comia gelado, deixei cair um pouco de topping de chocolate num top branco, nódoa de chocolate em tecido branco… haverá nódoa mais tramada para tirar?
Pesquisei no livro de limpezas de que já vos tinha falado - tem truques para tudo!!! No caso das nódoas de chocolate, o livro indica que se deve limpar o tecido imediatamente. Eu não o fiz mas, mesmo assim, resultou.

[Beeki]

Passos a seguir para remover uma nódoa de chocolate:
  1. Cobrir a nódoa com água fria.
  2. De seguida, cobri-la com detergente de roupa que seja suave e água fria.
  3. Esfregar o local da nódoa e passar bem por água.
  4. Se a nódoa persistir, misturar um pouco de vinagre branco com o detergente e água e cobrir a nódoa. (deve-se sempre testar num pequeno canto escondido do tecido antes de atacar a nódoa)
  5. No final, cobrir a nódoa com uma pequena quantidade de água oxigenada.
Importante: É necessário passar bem por água entre todas as etapas, para evitar misturar soluções potencialmente tóxicas.


A nódoa de sangue do top desapareceu logo mas caso seja uma nódoa mais teimosa, o livro aconselha a limpeza a seco.



Conheces outros truques para limpar nódoas de chocolate?



Pesquisa Bibliográfica: Como Limpar Depressa e Bem - O Guia Elementar para deixar a sua casa a brilhar de Jeff Bredenberg.

sábado, 11 de julho de 2015

As Minhas 6 Atividades Preferidas para Relaxar


[Unsplash]

  • Yoga/Meditar/Mindfulness - Comecei a praticar há cerca de 10 anos e foi a ferramenta principal para atenuar os ataques de pânico. Praticava yoga 2 vezes por semana no ginásio e dedicava algum tempo diário para meditar em casa. Basta parar uns 10 minutos, fechar os olhos, concentrar-me no agora - mindfulness - e respirar profundamente para sentir-me menos ansiosa. Atualmente, tenho seguido os vídeos de yoga da Erin Motz.

  • Caminhar a Passo Rápido/Correr - Desde que adoptei o Yoshi comecei a caminhar alguns quilómetros diariamente. Entretanto, há cerca de 2 meses, adoptei uma cadela que encontrei na rua, a Akira, e, como é mais pequenita e leve, torna-se mais fácil de controlar enquanto (finjo que) corro. Quando chego a casa e descanso da (pseudo) corrida, as endorfinas asseguram uma longa sensação de bem-estar.

    [Akira e Yoshi]

    • Desenhar/Pintar - Adoro desenhar e pintar e, durante algum tempo, até frequentei um curso de pintura. De tempos a tempos faço uma pausa mas, há poucos dias atrás, encontrei um livro de mandalas para pintar e voltei a dedicar-me à pintura. Enquanto pinto, tento focar-me apenas no desenho, na cor que escolhi e na ponta da caneta. Sendo uma pessoa ansiosa, este é um exercício desafiante mas, aos poucos, tenho conseguido aumentar o tempo em que me mantenho concentrada na pintura.

    [Pintado com canetas molin que foram oferecidas, pela minha mãe, há mais de 20 anos! Nostalgia...]

    • Ouvir Música Calma - A adopção da Akira veio destabilizar a vida cá em casa. A Akira e o Yoshi só têm olhos (e ouvidos) um para o outro e a brincadeira durava 24 horas por dia… Li alguns artigos sobre como relaxar cães (falta de exercício não era!) e experimentei colocar música de meditação para eles ouvirem. Tiro e queda. Para além de eu própria me sentir mais relaxada, não sei se por associar a música à pratica de yoga e meditação, se apenas pelo ritmo calmo, os cães em pouco tempo estão a dormir! Quando os deixo em casa, ficam a ouvir esta música...



    • Olhar e Sentir o Mar - Com os cães, poucas são as praias que posso frequentar entre as 9H e as 19H. Fora deste horário, as praias costumam ter pouca gente, os cães podem correr e fazer buracos à vontade, enquanto eu sento-me à beira-mar, sinto a areia e a água nos pés, relaxo, olho para o mar e oiço o barulho das ondas.
    •  
    • Ler e Beber Chá - Quando leio, consigo abstrair-me das questões que me deixam ansiosa no dia-a-dia. Se o livro for realmente bom, fico completamente embrenhada na leitura e esqueço tudo o resto. No inverno, gosto de acompanhar a leitura com uma chávena de chá de ervas bem quente e reconfortante.


    E tu, que atividades preferes fazer para relaxar?

    domingo, 5 de julho de 2015

    Viver o Verão

    Esta é a lista de “trabalhos de casa” que um professor de Filosofia e Literatura, Cesare Catà, entregou aos seus alunos para realizarem nas suas férias de Verão.

    Achei-a tão inspiradora que decidi partilhá-la aqui contigo! Aqui deixo as 15 sugestões de Cesare Catà para viveres o Verão em plenitude...


      1. Pela manhã, caminha pela praia em total solidão, presta atenção ao reflexo do sol na água, pensa no que mais gostas na vida e sente-te feliz.
      2. Tenta usar todos os novos termos aprendidos este ano: quanto mais coisas dizes, mais coisas podes imaginar e quanto mais coisas podes imaginar, mais livre te sentirás.
      3. Lê tudo o que puder. Mas não porque tens que fazê-lo. Lê porque o verão inspira sonhos e aventuras e lendo te sentirás como as andorinhas a voar. Lê porque é a melhor forma de rebelião que tens (se quiseres uma sugestão de leitura, pergunta-me).
      4. Evita todas as coisas, situações e pessoas que te influenciam negativamente e te fazem sentir vazio: busca as situações desafiadoras e a boa companhia dos amigos que te enriquecem, que te entendem e que te apreciam pelo que és.
      5. Se te sentires triste ou com medo, não te preocupes: o verão, como todas as coisas maravilhosas, coloca a alma em tumulto. Tenta escrever um diário onde traduzas os teus sentimentos em palavras (em setembro, se te apetecer, leremos juntos).
      6. Dança sem vergonha. Na pista de dança ou em casa. O verão é uma dança e seria tolice não participares dela.
      7. Ao menos uma vez, vai assistir ao amanhecer de um novo dia. Permanece em silêncio e respira. Fecha os olhos e sente-te agradecido.
      8. Faz muito desporto.
      9. Se encontrares uma pessoa que te encante, diz-lhe com toda a sinceridade e graça que és capaz. Pouco importa se ele/ela vai perceber ou não. Se não perceber, é porque ele/ela não era o teu destino. Do contrário, o verão 2015 será a grande oportunidade de caminharem juntos (se isso der errado, volta ao passo 8).
      10. Sobre as anotações das nossas aulas: para cada autor e cada conceito, faz-te perguntas e reflete sobre o que desperta em ti.
      11. Sê alegre como o sol e indomável como o mar.
      12. Não digas palavras rudes e sê sempre educado e amável.
      13. Assiste a filmes com diálogos pungentes (preferencialmente em inglês) para melhorar as tuas habilidades linguísticas e a tua capacidade de sonhar. Não deixes que o filme se acabe com os créditos: revive-o enquanto dure o verão.
      14. Nos dias ensolarados ou nas noites quentes, sonha como pode e deve ser a tua vida. Enquanto dure o verão, reúne toda a força que necessites para não renunciar a isso que queres e faz todo o possível para perseguir este sonho.
      15. Sê bom.

        quarta-feira, 24 de setembro de 2014

        5 Dicas para Organizar a Despensa

        Um dos erros mais frequentes que tenho visto como Personal Organizer na arrumação da despensa, do frigorífico e do congelador é o esquecimento do prazo de validade dos alimentos.

        Imaginem o que seria de um supermercado se não houvesse esse cuidado na arrumação dos produtos… se os produtos com uma validade mais curta ficassem arrumados atrás de todos os outros, o supermercado não iria vendê-los a tempo e teria de os deitar fora, resultando num grande prejuízo!

        Em casa é a mesma coisa! Se a despensa é “arrumada” simplesmente atirando os produtos lá para dentro ou, se for arrumada com mais cuidado, mas esquecendo os prazos de validade, quando nos lembramos de fazer, por exemplo, uma sobremesa, os produtos que pensávamos ter, já estão fora de prazo! Quando se compra em grande quantidade, seja para poupar idas ao supermercado, seja para aproveitar grandes promoções, é ainda mais importante perder um pouco de tempo com a organização de despensa, do frigorífico e congelador!

        Menosprezar a validade de um produto alimentar é deitar fora todo o tempo, esforço e dinheiro investidos na ida ao supermercado! Foi precisamente quando ia fazer uma sobremesa e sabia ter todos os ingredientes para a mesma que passei a ter mais cuidado com a arrumação da despensa. Eu tinha, teoricamente, todos os ingredientes mas quando peguei nos dois pacotes de natas de que precisava é que vi que já tinham passado de prazo há uns meses!


        [Inspiration Maison]

        5 Dicas para Organizar a Despensa: 
        1. Desocupar toda a despensa e verificar o prazo de validade de todos os produtos. Passou de validade? Lixo!
        2. Limpar as prateleiras com uma solução de água com vinagre e secar bem. (Eu tenho ainda as prateleiras forradas com um papel de padrão floral rosa claro).
        3. Separar os produtos por categoria. Na minha despensa, defini os seguintes grupos:
        • Águas
        • Sumos
        • Leites
        • Bebidas Alcoólicas
        • Cereais de Pequeno Almoço, Muesli e Flocos de Aveia
        • Guardanapos, Rolos de Cozinha, Papel para Forno, Película Transparente, Papel de Alumínio e Sacos de Congelação
        • Produtos de Confecção Rápida (Sopas Instantâneas e Massas Chinesas)
        • Caixa com Produtos para Sobremesas (Natas, Leite Condensado, Folhas de Gelatina, Chocolate em Pó, Chocolate de Culinária, Fermento)
        • Caixa com Arroz, Massa e Puré de Batata Instantâneo
        • Farinha, Açúcar e Sal
        • “Enlatados” (Grão, Feijão, Milho, Cogumelos, Salsichas, Atum, Tomate em Calda, Polpa de Tomate, Leite de Coco)
        • Cebolas e Alhos (já não uso batata)
        • Chás e Cafés
        • Especiarias, Mel, Molhos, Óleo e Azeite (o vinagre está arrumado no armário dos produtos de limpeza)
        • Barras de Cereais e Chocolates
        • Bagas e Passas de Uva
        • Rebuçados (geralmente só de menta ou mel para o Inverno)
        • Caixa com os biscoitos do Yoshi
        • Comida do Yoshi

         4. Arrumar cada categoria de alimentos por ordem de validade, ficando à frente o que tem um prazo mais curto. Eu gosto de colocar os alimentos já abertos em potes de vidro e as embalagens pequenas dentro de cestas ou caixas, onde coloco o rótulo do/s produto/s armazenado/s e validade correspondente.

        5. Fazer o Inventário dos Produtos, anotando as diversas datas de validade (o meu próximo projecto!).
        Sei que já há alguns adeptos desta estratégia mas nunca achei realmente necessária… No entanto, quando se compra em grandes quantidades, fica mais fácil ter uma tabela que indique quais são os produtos que estão a passar de validade nas próximas semanas e, assim, preparar as refeições de acordo com isso, para que nada se estrague!


        Boas arrumações! ;)

        quarta-feira, 17 de setembro de 2014

        Dica: Limpar o Tacho ou Panela Queimado/a

        Cá em casa, adoramos sopa e, por norma, sou eu que a faço. Mas, na última vez, após pôr a sopa ao lume, pedi ao Luís que fosse dando um olho nela, enquanto eu ia lavar o cabelo...

        Resultado: Tudo queimado, não se salvou sopa, nem panela!

        Já não seria a primeira vez que iria deitar fora uma panela e não queria ficar sem outra (não se esqueçam que comprei o mínimo necessário cá para casa e perder mais um tacho ou panela, ficava perto de não poder cozinhar!).

        Desta vez, depois de ter salvo o ferro queimado, tinha a certeza que também havia truque para este desafio e fui pesquisar!

        [Taste of August]

        Limpar o/a Tacho/Panela Queimado/a em 4 passos:

        1 - Colocar água no tacho/panela até que cubra o fundo e adicionar uma chávena de vinagre. Colocar a ferver com o tacho/panela tapado/a.

        2 - Tirar do lume e retirar a tampa.
        Cuidado: o cheiro da água com o vinagre fervido é muito intenso pelo que aconselho abrir duas janelas da casa para fazer alguma corrente de ar.

        3 - Adicionar bicarbonato de sódio. Quando se adiciona o bicarbonato de sódio, a solução borbulha e as partículas de queimado começam a soltar-se do fundo do tacho/panela.

        4 - Passar o tacho/panela por água e lavar normalmente. Nem é preciso esfregar!


        Como a base exterior da minha panela também estava um pouco queimada, coloquei um pouco de bicarbonato de sódio directamente sobre as manchas e adicionei um pouco de água com vinagre. Depois de borbulhar, esfreguei suavemente e tcha-ran, a panela ficou a brilhar!

        Digam lá se não é uma solução espectacular! Rápida, fácil e barata! ;)
        Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...