23 de março de 2013

Simplificar a Alimentação: Semana 10

Chegámos ao final da 10ª semana do desafio Simplificar a Alimentação! O 10º desafio consistia em reduzir na ingestão de gordura saturada.

Sabem quando nos propomos a um objectivo e ao mesmo tempo parece que o mundo congemina contra nós e nos poe à prova a todo o instante? Isso aconteceu comigo durante esta semana! Na semana que decidi reduzir a ingestão de gorduras, a minha faculdade serviu dois dos meus pratos preferidos: bacalhau com natas e lasanha vegetariana; o meu namorado ofereceu-me chocolate Toblerone e cá em casa foram feitos vários doces que contêm bastante manteiga. Eu adoro comer todas essas coisas boas, como iria conseguir cumprir o objectivo da semana desta forma?!

À medida que tenho seguido este desafio para simplificar a alimentação e perder peso, tenho registado as alterações de peso e construí um gráfico com recurso ao excel. Ao visualizar esse gráfico torna-se bastante óbvio o que tem acontecido nestas últimas semanas: deixei de perder peso! Tenho oscilado bastante, ora ganho, ora perco... Comecei nos 69 quilos e atingi um periodo de estagnação, na perda de peso, entre os 62 e os 63,5 quilos.


E, esta semana, voltei a ganhar peso! Desta vez a balança acusou, praticamente, 1 kg e para quem se esforça em perder peso, estes ganhos têm bastante impacto. Poderão funcionar como um incentivo para trabalhar mais na semana seguinte ou podem ter um efeito desmotivador!

Depois de desmotivar um pouco, decidi usar este pequeno ganho como um incentivo para me esforçar mais. Já percebi que, daqui para a frente, se quero ficar em forma, vou ter de me dedicar mais ao exercício físico. Ultimamente, não tenho dançado como nas primeiras semanas e essa é a razão mais provável para ter desacelerado este processo. 
 
Agora, sem esquecer todas as sugestões importantes para tornar a alimentação mais equilibrada e saudável, vou tentar construir um plano de exercício que me motive porque quero que seja algo que consigo fazer com prazer, caso contrário, o mais certo seria desistir passados alguns dias!

Para quem me foi seguindo, espero que as sugestões dadas tenham funcionado como motivação para escolher um caminho mais saudável e que tenha ajudado na perda de peso, se for esse o caso!

Próximo objectivo? Preparar um plano de exercício!


22 de março de 2013

Poupar: Olhos que não vêem, coração que não sente

Como estão as vossas finanças? Têm conseguido poupar?

Com algum esforço e algumas alterações no meu dia-a-dia, tenho conseguido mudar os meus hábitos de consumo. No ano passado não conseguia poupar um euro e utilizava bastante o cartão de crédito, agora tenho poupado entre 35 a 40% daquilo que recebo mensalmente e faço todas as minhas compras a dinheiro.

Antes de começar a escrever no blogue My Cinnamon Heart, era bastante consumista. Praticava karate, tinha perdido 20 quilos, estava em forma e toda a roupa que experimentava caía bem ou, pelo menos, sentia isso. Essa sensação de bem-estar fez com que as compras fossem um dos meus passatempos preferidos e cheguei a comprar imensas coisas que não utilizei. Mais tarde, deixei de praticar exercício de uma forma tão intensa e voltei a ganhar todo o peso que tinha perdido até então. Consequentemente, tive de comprar mais roupa e foi assim que acumulei tantas calças e camisolas, algumas das quais vocês já viram aqui e aqui.



Quando comecei a destralhar o quarto, deixou de fazer sentido comprar tanta coisa e gastar tanto dinheiro em coisas que não precisava mas não consegui mudar de imediato as minhas rotinas. Mas, aos poucos, fui alterando alguns dos meus hábitos e isso ajudou-me a deixar de ser uma compradora compulsiva e conseguir poupar.


Deixo-vos então aqui algumas dessas alterações que me ajudaram bastante a quebrar o hábito do consumismo impulsivo:


1 - Deixar de comprar revistas.
Como sabem, eu adoro revistas e gastei imenso dinheiro com elas. Ao longo de 15 anos fiz uma enorme colecção delas mas entretanto fui destralhando-as, até que deixei de as comprar, para além de ter cancelado todas as subscrições. O folhear de revistas, estimulava o meu lado consumista, era difícil resistir a tantas novidades de roupa, produtos de beleza, perfumes, etc.

2 - Deixar de seguir blogs que se resumem a publicidade.
Pelos mesmos motivos, deixei de seguir todos os blogs que se resumem, praticamente, a campanhas publicitárias de roupa e cosméticos. Não deixei de ir às compras mas faço isso pontualmente, não quero ser tentada todos os dias com a "última moda"...

3 - Cancelar subscrições em sites de compras colectivas.
Quando conheci o site Groupon, achei que os sites de compras colectivas eram uma das melhores invenções de sempre. Inscrevi-me e procurei outros sites de compras colectivas para receber todas as novidades por e-mail. Afinal, estava a receber uma lista de oportunidades fantásticas a preços muito em conta! Na realidade, comprei mais vouchers do que aqueles que usufruí, ou devido às datas de validade ou condições climatéricas e passados meses continuo à espera que me devolvam o dinheiro de um produto que comprei e encontrava-se avariado... Mas também aproveitei bons descontos, como a entrada no Badoca Park e no Aquashow por metade do preço, algumas refeições no japonês e estadias com bons descontos. Continuo a aproveitar os descontos mas agora prefiro fazer uma pesquisa no momento, em vez de ser bombardeada todos os dias com descontos incríveis que apenas alimentam a minha veia consumista e a minha caixa de entrada.

4 - Evitar os centros comerciais.
Esta foi talvez a decisão mais difícil de pôr em prática. Sem ter dado conta, ir ao centro comercial tinha-se tornado num hábito de fim-de-semana. Se chovia, era um local onde não tinha de andar com o chapéu de chuva atrás; se estava muito calor, o ar condicionado era a salvação. Mas sair do centro comercial sem fazer uma única compra era um verdadeiro desafio por isso poupar nesses dias era praticamente impossível. Quando decidi deixar de frequentar centros comerciais, nem sabia bem o que fazer durante o fim-de-semana!


Percebi que, ao criar barreiras aos estímulos visuais, fica muito mais fácil controlar os gastos e, consequentemente, poupar.


Que truques usas para poupar e controlar os teus impulsos consumistas?

20 de março de 2013

Resultado do sorteio Agendas aos Retalhos

Meninas, já temos o resultado do sorteio da parceria com a Agendas aos Retalhos!


O sorteio desta agenda contou com 20 participações, das quais apenas 10 foram validadas.

A vencedora foi escolhida aleatoriamente tendo sido utilizado o random.org

E quem irá poder organizar o seu dia-a-dia nesta agenda tão fofa? A Inês Catarina!





Parabéns Inês!

Agradeço também a participação a todas as restantes meninas e à parceria Agendas aos Retalhos!

A Agendas aos Retalhos vai organizar alguns workshop destinados a quem queira aprender a criar peças coisas tão fofas como a agenda que foi sorteada. Neste momento já têm duas datas marcadas para o próximo mês de Abril. Interessadas? Visitem-nas aqui e aqui.

19 de março de 2013

So long Google Reader!

Já sabiam que o Google Reader vai terminar??

Eu sempre usei o Google Reader para seguir e ler os blogs que mais gosto, apesar de ter algumas falhas, sabia trabalhar com ele e agora, quando o abri, recebo a notícia de que termina a 1 de Julho...

Fui logo à procura do seu substituto e perceber como poderia migrar todos os blogs que sigo para outra ferramenta semelhante.

Encontrei o Feedly e o Bloglovin’ e decidi experimentar ambos para ver como cada um funciona e com qual me entendo melhor...


O Feedly é o principal concorrente do Google Reader. Funciona de uma forma idêntica mas com algumas melhorias, é possível definir o seu aspecto e eu adoro o layout minimalista de uma das alternativas. O Feedly oferece a possibilidade de organizar os blogs por categoria, sendo esta também definida pelo utilizador, e a sugestão de blogs com temas semelhantes àqueles que seguimos.
É gratuito, funciona como uma extensão de leitura de feeds e existe nas versões para Firefox, Chrome, Safari, iOS e Android e tem a capacidade de importar as subscrições do Google Reader em segundos.




O Bloglovin’ é uma ferramenta onde se adicionam os blogs que se pretendem seguir. Para além de também ser possível organizá-los por categoria, assim que um blog tem um post novo, surge automaticamente na barra lateral. É bem mais básico que o Feedly mas é precisamente isso que me atrai nele, ao contrário do que aconteceu com o Feedly, não tive de assistir a nenhum vídeo explicativo para perceber como funciona.
É gratuito e a importação das subscrições do Google Reader também foi automática.

Na barra lateral do blog My Cinnamon Heart já podem encontrar o local para me seguirem através do Bloglovin’ ou se preferirem, cliquem na imagem que se encontra abaixo.

18 de março de 2013

Sorteio Cheirinho a Beleza & My Cinnamon Heart - Conjunto de pó compacto e brilho de lábios Lisette Watkins

Para comemorar o início da Primavera, o blog My Cinnamon Heart juntou-se mais uma vez ao Cheirinho a Beleza Oriflame para vos oferecer um Conjunto da Colecção limitada Lisette Watkins composto por uma caixa de pó compacto e um brilho de lábios.



Para poder ganhar tem que se tornar seguidor dos dois blogs:





E deixar um comentário com o e-mail e nome de seguidor(a) neste post. 


Entrada extra:

Se partilharem o sorteio no vosso blog ou facebook podem participar mais uma vez. Para isso, basta indicarem o link da partilha num outro comentário.


Podem participar até dia 7 de Abril (Domingo). O Vencedor(a) será escolhido através do random.org.
Nota: Só são consideradas válidas as participações oriundas de Portugal Continental e Ilhas.

----------------------------------------------------------------------------------------------

A Oriflame vende, por catálogo, produtos de beleza de elevada qualidade a preços acessíveis. São produtos naturais, não testados em animais, para toda a família. Cosméticos, maquilhagem, perfumes, higiene, moda e acessórios. 

Qualquer pessoa pode se inscrever e adquirir os produtos com desconto. Até 10 de Abril a inscrição na Oriflame é gratuita, aproveitem! Visitem o blog Cheirinho a BelezaOriflame para mais informações.

Simplificar a Alimentação: Semana 9 & Desafio 10

No Sábado, chegámos ao final da 9ª semana do desafio Simplificar a Alimentação! O 9º desafio consistia em tornar o pequeno-almoço numa refeição completa e equilibrada.


Desde a última 2ª feira tenho comido sempre os cereais de farelo de trigo do Pingo Doce com leite 0% lactose acompanhados por manga ou pêra. Entretanto, já encontrei uns morangos nacionais à venda e não resisti. Experimentei os cereais com os morangos e adorei!
 
Resultados? 
Nesta última semana oscilei 200 gramas, fiquei feliz por ter conseguido inverter a tendência da última semana!

Aproveito também para introduzir o 10º objectivo da próxima semana!


Esta semana venho propor uma redução na ingestão de gordura saturada. Claro que, ao pôr em prática algumas das sugestões de semanas anteriores, nomeadamente ao eliminar fast-food e refeições pré-cozinhadas, já houve uma diminuição na ingestão de gorduras saturadas, mas existem outros tipos de alimentos que contêm bastante gordura, tais como:
  • Carne vermelha e derivados
  • Fritos 
  • Folhados e empadas 
  • Quiches e pizzas 
  • Maioneses 
  • Bolos, biscoitos e bolachas 
  • Chocolate
  • Queijos e Manteiga
 
Posso não conseguir eliminar todos estes alimentos da minha dieta mas vou fazer um esforço para reduzir a quantidade que ingiro. Por exemplo, eu como um pastel de nata ou um croissant todos o dias! E, para além disso, ultimamente tenho comido mais carne vermelha e enchidos do que é habitual, alimentos que nem sequer aprecio muito! Nem imagino a quantidade de gordura que tenho andado a comer mas, provavelmente, isso explica as duas novas borbulhas que decidiram aparecer no meu rosto...


Lista das restantes sugestões:
  1. Sempre que apetecer um doce, caminhar, beber água e/ou comer uma peça de fruta.
  2. Beber mais líquidos (água e chá).
  3. Anotar a alimentação e efeitos secundários sentidos (barriga inchada, cãibras abdominais, borbulhas, etc.)
  4. Evitar o elevador. Optar pelas escadas.
  5. Dançar diariamente durante, pelo menos, 15 minutos.
  6. Comer, pelo menos, três porções de peixe por semana. Evitar o peixe frito.
  7. Levar lanches saudáveis para o local de estudo ou trabalho. Se possível, levar também o almoço.
  8. Eliminar toda a fast-food e refeições pré-cozinhadas da dieta.
  9. Tornar o pequeno-almoço numa refeição completa e equilibrada.

14 de março de 2013

Finanças: Poupar moedas de 1 e 2 euros

Ando muito entusiasmada com as minhas poupanças! 

[daqui]

Depois de ter deixado o cartão de crédito em casa e pagar tudo a dinheiro, passei a pôr as moedas de 1 e 2€ de parte, sempre que as recebo como troco, para amealhá-las. No início não sabia se isto iria ter algum impacto relevante nas poupanças mas agora já percebi como funciona esta estratégia.

Imaginem que é preciso comprar qualquer coisa que custa 8€, paga-se com uma nota de 10€, e recebe-se de troco duas moedas de 1€. Essas moedas são automaticamente postas de parte. Se, no mesmo dia, for preciso comprar outra coisa, terá de se utilizar uma nota porque não se podem utilizar as duas moedas de 1€ que foram recebidas de troco.



Que impactos se sentem ao aplicar esta estratégia?

  • As compras por impulso têm os dias contados. O facto de ter de se pagar tanta coisa com notas, porque raramente existem suficientes trocos abaixo de moedas de 1€, pensa-se duas vezes se realmente é preciso comprar determinada coisa. Se antes eu fazia algumas compras por impulso e daí a uns dias, me arrependia e pensava no dinheiro que tinha desperdiçado, agora as compras por impulso não acontecem mais. É difícil a parte racional não se sobrepor à parte emocional, quando se vê tanta nota a sair das nossas carteiras...

  • A poupança torna-se num hábito diário. Dificilmente, se chega ao fim de um mês a pensar no que se poderia ter poupado porque, praticamente, em todos os dias que gastamos, poupamos!


Instalei também a aplicação Canarinho no meu telemóvel, funciona bem, é acessível mas esqueço-me muitas vezes de apontar aquilo que gastei, o que torna impossível fazer um registo semanal ou mensal...


 
Alguém tem alguma sugestão para não nos esquecermos de apontar tudo??

11 de março de 2013

Simplificar a Alimentação: Desafio 9

Hoje venho propor o objectivo desta semana e no sábado irei partilhar convosco os resultados que, entretanto, tenha observado!

Depois do flop da semana passada, decidi focar-me nas regras básicas de uma dieta saudável e com sucesso e quando se fala em alimentação saudável isso apenas poderá significar uma coisa: o pequeno-almoço.



O pequeno-almoço é a primeira refeição do dia e ocorre após, pelo menos, oito horas em jejum. Para assegurar que o pequeno-almoço é uma refeição completa e equilibrada e que responde às necessidades nutricionais do organismo, deverão estar incluídos os seguintes alimentos:
  • cereais ou pão integral
  • iogurte ou leite
  • peça de fruta
O pequeno-almoço deve ser sempre tomado antes de sair de casa e existem imensas opções que se podem criar a partir destes três grupos de alimentos.

Durante os últimos oito anos comi, praticamente sempre, o mesmo pequeno-almoço: Chocapic com leite meio gordo. Apesar de conterem cereais integrais, estes cereais ricos em açúcar, têm outras coisas, tais como gorduras parcialmente hidrogenadas, pelo que já deveria estar convencida a pô-los de parte. Para além disso, faltava-me uma parte essencial: a fruta.

Da última vez que procurei cereais saudáveis, encontrei uns da marca Pingo Doce que gostei imenso, bem mais saudáveis e baratos!


Experimentei estes cereais apenas com leite e não gostei, depois juntei algumas frutas e descobri que fica delicioso com pêra e com manga! Na realidade só voltei aos cereais Chocapic para terminar as duas caixas que tinha cá em casa e a transição custou-me bastante porque depois de me habituar ao sabor dos cereais de farelo de trigo com a fruta, o sabor do Chocapic é tão intenso e açucarado que me deixa enjoada!

Por último, quero relembrar que os produtos de pastelaria ou outros que contenham muito açúcar e/ou gorduras saturadas devem ser evitados! E não se esqueçam que fica bem mais barato tomar o pequeno-almoço em casa!


Lista das restantes sugestões:
  1. Sempre que apetecer um doce, caminhar, beber água e/ou comer uma peça de fruta.
  2. Beber mais líquidos (água e chá).
  3. Anotar a alimentação e efeitos secundários sentidos (barriga inchada, cãibras abdominais, borbulhas, etc.)
  4. Evitar o elevador. Optar pelas escadas.
  5. Dançar diariamente durante, pelo menos, 15 minutos.
  6. Comer, pelo menos, três porções de peixe por semana. Evitar o peixe frito.
  7. Levar lanches saudáveis para o local de estudo ou trabalho. Se possível, levar também o almoço.
  8. Eliminar a fast-food e refeições pré-cozinhadas da dieta.

9 de março de 2013

Simplificar a Alimentação: Semana 8

Chegámos ao final da 8ª semana do desafio Simplificar a Alimentação! O 8º desafio consistia em evitar toda a fast-food e refeições pré-cozinhadas.

Este objectivo foi cumprido mas, infelizmente, a semana não correu pelo melhor...

[daqui]

Quem segue o FB do blogue sabe que na 2ª feira me “afoguei” em chocolates... Os dias seguintes também não foram famosos e a verdade é que utilizo os doces para esquecer a tristeza, o desconsolo e as desilusões...

Depois dos chocolates de 2ª feira, estive praticamente um dia sem me alimentar correctamente, saltei as refeições principais e comi apenas iogurtes ou cereais, não conseguia sequer olhar para comida... Faço questão de partilhar isto para abrir os olhos às pessoas que fazem isto com o objectivo de perder peso. Não foi por estar quase sem comer que perdi peso ou me senti melhor, bem pelo contrário! Não tive energia para dançar nem para fazer grande coisa e ganhei todo o peso que tinha perdido na semana passada!
 
Independentemente da razão que nos leve a fazer os maiores erros, acho que o importante é regressar ao caminho certo assim que possível e sem qualquer sentimento de culpa! Se estou triste por ter voltado atrás? Estou, mas já é passado, ido! Importa sim o que faço daqui para a frente.


Resultados?
Esta semana ganhei 0,7 kgs... Já esperava ganhar este peso e agora "não adianta chorar sobre leite derramado”. Para a semana será melhor!

7 de março de 2013

Sorteio - Agendas aos Retalhos

Amanhã, dia 8 de Março, festeja-se o Dia da Mulher e, como sabem, adoro aproveitar todas as datas especiais para comemorar convosco, proporcionando sorteios!


Desta vez conheci os trabalhos da Filipa em Agendas aos Retalhos. Faz coisas bem mimosas, como agendas, porta-moedas, bolsas, capas de livros, malas, porta canetas e até fofuras para os mais novos!

Então, a propósito do Dia da Mulher e da vontade de querer tanto ajudar e aprender a organizar, gerir o tempo e poupar, achei que uma agenda seria a melhor ferramenta para esse projecto!




É linda, não é??

E o que terão de fazer para receber esta agenda? Seguem abaixo as regras de participação:

1 - Ser seguidor do blog My Cinnamon Heart.
2 - Fazer like na página Agendas aos Retalhos.
3 - Partilhar o post da página Agendas aos Retalhos no FB, relativo ao passatempo.
4 - Deixar um comentário neste post, com nome de seguidora no blog, no Facebook e link da partilha (Para quem não sabe como obter o link de partilha, leiam este post).

Só serão consideradas válidas as participações com residência em Portugal.

Este passatempo irá decorrer até dia 17 de Março e o vencedor irá ser escolhido aleatoriamente com recurso ao random.org


Boa sorte!

6 de março de 2013

Finanças: Mealheiro

Li uma sugestão sobre poupar dinheiro que consistia em colocar no mealheiro todas as moedas de 2€, 1€ e 0,50€ que tivermos na carteira pelo final do dia. A ideia é ir pondo de lado essas moedas durante o dia e sempre que for preciso pagar alguma coisa, utilizar as mais pequenas ou então uma nota.

Para além de acumular as moedas de 2, 1 e 0,50€ na carteira, caso hajam moedas suficientes na carteira para trocá-las por uma das moedas que queremos amealhar, deverão ser trocadas num café ou noutro local que, regra geral, necessite de trocos.

Não sei se fará muita diferença. Nem percebo bem como isto poderá ajudar-me a poupar, uma vez que se fazem as mesmas compras mas com notas ou trocos... Talvez a ideia seja ir poupando diariamente em vez de fazer isso pontualmente...

De qualquer forma, a partir de agora o meu mealheiro só irá conhecer moedas de 1€ e 2€!

[daqui]


Será que ele vai ficar assim tão grande? :)




5 de março de 2013

Simplificar o Roupeiro: Camisolas

Hoje decidi continuar a organizar e destralhar o meu guarda-roupa. Infelizmente, não tenho conseguido fazer isto de uma forma contínua e a desculpa nem sequer é a falta de tempo mas sim a falta de coragem!

Foi relativamente fácil destralhar a roupa de treino. Quanto às calças, após ter doado tantos sacos, passei por uns momentos em que só pensava “o que fui fazer??!?!”. Mas, ainda bem que as despachei logo, senão tinha provavelmente perdido a coragem...

Hoje foquei-me nas camisolas de manga comprida.

Tal como fiz com as calças, retirei todas as camisolas do meu armário e coloquei-as na cama. Contei 42 camisolas e depois fui ver quantas estavam para lavar... 12, ou seja 54 camisolas no total (de manga comprida...). Como é possível ter tanta roupa e a sensação de não ter para vestir??



Vesti e despi todas as camisolas e tirei fotos. Acho que é mais fácil analisar se a roupa nos cai bem quando nos vemos “de fora”. Conclui várias coisas desta forma:

  • Camisolas de gola alta justa não me favorecem.
  • Fico “sem vida” com cores escuras, excepto o preto.
  • Os castanhos, os laranjas e os vermelhos fortes são de evitar!
  • Camisolas totalmente brancas também não me ficam bem.

Vendo as fotos também torna-se mais fácil perceber se a roupa cai bem, se está apertada ou larga. Pensava que ia encontrar só roupa apertada mas afinal tenho camisolas que caem bem e tenho, inclusivé, uma que me está enorme!

Separei-as em cinco montes (da esquerda para a direita, na foto):

  • doar
  • apertadas
  • para guardar
  • largas (em cima, no centro)
  • para dormir (em cima, à direita)



Das 42 camisolas de manga comprida, guardei 18!

Para doar, foram todas as camisolas que já não gostava, que já tinha usado imensas vezes mas sem defeitos, camisolas com cores que não me favorecem, etc. Duas das camisolas que ia doar (porque as cores não me favorecem: castanho e verde escuros), decidi guardá-las para dormir com elas, uma vez que são básicas de algodão.

Do monte da roupa para doar, retirei algumas que vou pôr à venda no meu blogue Descontos em Segunda Mão, as restantes já seguiram viagem, não fosse mudar de ideias! As camisolas que me estão apertadas foram para um saco que abrirei no próximo inverno, aí se continuarem apertadas, serão doadas.

Quanto à camisola branca muito larga, não sei o que fazer... É relativamente nova, nunca foi usada, é muito fofa e quente e está a custar imenso separar-me dela mas realmente não cai nada bem. Até podia ser larga e ficar elegante mas não é esse o caso... O que faço com ela??


E, por aí, como vão as vossas arrumações?

3 de março de 2013

Simplificar a Alimentação: Semana 7 & Desafio 8

No Sábado, chegámos ao final da 7ª semana do desafio Simplificar a Alimentação! O 7º desafio consistia em levar lanches saudáveis para o local de estudo ou trabalho.
 
 
[Pelambung]

Cumpri esse objectivo sempre que fui à faculdade. Pensei que ia passar fome mas, na verdade, funcionou muito bem! Optei sempre pela tangerina mas estou a pensar em preparar misturas de frutas como, por exemplo, tangerina com banana, que adoro! E a propósito de fruta, já comecei a ver os primeiros morangos à venda de Portugal! Outra fruta que eu amo :)

Resultados?
Esta semana perdi 0,7 kgs! Será possível esta perda de peso dever-se apenas à substituição do bolinho da manhã pela fruta?? Não estava à espera de uma diferença tão rápida!

Sendo Domingo, vou aproveitar este post para propor o objectivo da próxima semana!



8 - Eliminar toda a fast-food e refeições pré-cozinhadas da dieta.
Aos poucos, tenho deixado a comida de “plástico” de lado e tenho a certeza que isso tem tido imenso impacto na minha dieta. Pontualmente, cometo um deslize e vou até ao McDonald’s. Como não defendo mudanças drásticas, não iria ter qualquer problema com esta situação se não fosse a sensação de barriga inchada e o enjoo que sinto depois de comer lá... Parece que tenho memória curta para continuar a insistir!

E todas nós sabemos que este tipo de comida contém elevadas quantidades de sal, gorduras saturadas e açúcares. Então, só falta fazer o que a consciência nos diz... stay strong!

Lista das restantes sugestões:
  1. Sempre que apetecer um doce, caminhar, beber água e/ou comer uma peça de fruta.
  2. Beber mais líquidos (água e chá).
  3. Anotar a alimentação e efeitos secundários sentidos (barriga inchada, cãibras abdominais, borbulhas, etc.)
  4. Evitar o elevador. Optar pelas escadas.
  5. Dançar diariamente durante, pelo menos, 15 minutos.
  6. Comer, pelo menos, três porções de peixe por semana. Evitar o peixe frito.
  7. Levar lanches saudáveis para o local de estudo ou trabalho. Se possível, levar também o almoço.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...