22 de março de 2013

Poupar: Olhos que não vêem, coração que não sente

Como estão as vossas finanças? Têm conseguido poupar?

Com algum esforço e algumas alterações no meu dia-a-dia, tenho conseguido mudar os meus hábitos de consumo. No ano passado não conseguia poupar um euro e utilizava bastante o cartão de crédito, agora tenho poupado entre 35 a 40% daquilo que recebo mensalmente e faço todas as minhas compras a dinheiro.

Antes de começar a escrever no blogue My Cinnamon Heart, era bastante consumista. Praticava karate, tinha perdido 20 quilos, estava em forma e toda a roupa que experimentava caía bem ou, pelo menos, sentia isso. Essa sensação de bem-estar fez com que as compras fossem um dos meus passatempos preferidos e cheguei a comprar imensas coisas que não utilizei. Mais tarde, deixei de praticar exercício de uma forma tão intensa e voltei a ganhar todo o peso que tinha perdido até então. Consequentemente, tive de comprar mais roupa e foi assim que acumulei tantas calças e camisolas, algumas das quais vocês já viram aqui e aqui.



Quando comecei a destralhar o quarto, deixou de fazer sentido comprar tanta coisa e gastar tanto dinheiro em coisas que não precisava mas não consegui mudar de imediato as minhas rotinas. Mas, aos poucos, fui alterando alguns dos meus hábitos e isso ajudou-me a deixar de ser uma compradora compulsiva e conseguir poupar.


Deixo-vos então aqui algumas dessas alterações que me ajudaram bastante a quebrar o hábito do consumismo impulsivo:


1 - Deixar de comprar revistas.
Como sabem, eu adoro revistas e gastei imenso dinheiro com elas. Ao longo de 15 anos fiz uma enorme colecção delas mas entretanto fui destralhando-as, até que deixei de as comprar, para além de ter cancelado todas as subscrições. O folhear de revistas, estimulava o meu lado consumista, era difícil resistir a tantas novidades de roupa, produtos de beleza, perfumes, etc.

2 - Deixar de seguir blogs que se resumem a publicidade.
Pelos mesmos motivos, deixei de seguir todos os blogs que se resumem, praticamente, a campanhas publicitárias de roupa e cosméticos. Não deixei de ir às compras mas faço isso pontualmente, não quero ser tentada todos os dias com a "última moda"...

3 - Cancelar subscrições em sites de compras colectivas.
Quando conheci o site Groupon, achei que os sites de compras colectivas eram uma das melhores invenções de sempre. Inscrevi-me e procurei outros sites de compras colectivas para receber todas as novidades por e-mail. Afinal, estava a receber uma lista de oportunidades fantásticas a preços muito em conta! Na realidade, comprei mais vouchers do que aqueles que usufruí, ou devido às datas de validade ou condições climatéricas e passados meses continuo à espera que me devolvam o dinheiro de um produto que comprei e encontrava-se avariado... Mas também aproveitei bons descontos, como a entrada no Badoca Park e no Aquashow por metade do preço, algumas refeições no japonês e estadias com bons descontos. Continuo a aproveitar os descontos mas agora prefiro fazer uma pesquisa no momento, em vez de ser bombardeada todos os dias com descontos incríveis que apenas alimentam a minha veia consumista e a minha caixa de entrada.

4 - Evitar os centros comerciais.
Esta foi talvez a decisão mais difícil de pôr em prática. Sem ter dado conta, ir ao centro comercial tinha-se tornado num hábito de fim-de-semana. Se chovia, era um local onde não tinha de andar com o chapéu de chuva atrás; se estava muito calor, o ar condicionado era a salvação. Mas sair do centro comercial sem fazer uma única compra era um verdadeiro desafio por isso poupar nesses dias era praticamente impossível. Quando decidi deixar de frequentar centros comerciais, nem sabia bem o que fazer durante o fim-de-semana!


Percebi que, ao criar barreiras aos estímulos visuais, fica muito mais fácil controlar os gastos e, consequentemente, poupar.


Que truques usas para poupar e controlar os teus impulsos consumistas?

14 comentários:

  1. As tuas dicas são realmente muito boas, e practicamente, cortam todo o mal pela raíz...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comigo tem resultado porque realmente o estímulo visual tem um impacto muito grande em mim e a partir do momento em que tenho menos tentações visuais fica mais fácil poupar :)

      Eliminar
  2. Gosto muito das tuas dicas e são muito úteis! Também queria poupar mais :s aos poucos conseguimos!

    ResponderEliminar
  3. Eu para ajudar tb registo todas as despesas que vou fazendo assim tenho uma noçao do valor que gasto em cada coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E como fazes para não esquecer de registar nenhuma??

      Eliminar
  4. Olá Sara! Podias escrever um pouco sobre como foi a tua transformação antes, durante e depois dos 20kg? Achei fascinante esse teu percurso, seria interessante saber o que te motivou a mudar, o que passaste durante e depois do emagrecimento, o sucesso que foi tudo assentar bem e posteriormente o que te levou a ganhar novamente o peso perdido. Bjs:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que posso escrever um pouco sobre isso! Aliás, adoro quando me fazem sugestões para assuntos que ainda não abordei :) Em breve, conto então o que aconteceu em cada fase!

      Bjos, Sara

      Eliminar
  5. Eu acho que o que tem ajudado muito a não me perder nas lojas é achar as colecções mesmo feias LOL Basicamente faço o mesmo: evito as lojas e sobretudo penso no que já destralhei, que me ajuda a pensar em não comprar outro casaco verde depois de ter acabado de dar um.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, as colecções no geral também não me seduzem... é tachas por todo o lado, padrão tropa, que eu odeio, caveiras... enfim!

      Eliminar
  6. http://ourbittersweetaddiction.blogspot.pt/2013/03/selo-words-letters.html tenho um selo para ti lá no blog, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já espreitei e gostei do selinho, adoro ler! Assim que possa, vou responder :)

      Eliminar
  7. Eu por acaso segui algumas das tuas dicas, e digamos que este mes, continuei a fazer o que fazia, mas basicamente não comprei nada que já tivesse em casa, acabei por poupar, ter mais espaço em casa, e agora ando a tirar tudo que não uso para vender. Realmente, além da conta bancária baixar muito pouco, consegui chegar ao fim do mes a poupar o dobro que poupava :D O que é muito bom :D Beijos

    ResponderEliminar
  8. a minha dica é: ter um quadro branco

    escrevo por lá coisas tipo "melissas de salto alto" (algo que eu vi e gostei ou acho que faça falta) e se dali por um mes continuar a achar q faz falta ou gosto mesmo e se encaixa com o meu uso, compro, caso contrario apago do quadro :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei imenso da tua dica Ana! Vou experimentar :)

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...