11 de abril de 2012

As minhas férias da Páscoa

Nas férias da Páscoa, eu e o Luís decidimos aproveitar uma caixa da smartbox de duas noites que nos tinham oferecido. Fomos até à Quinta dos Machados, em Mafra. Não tivemos muita sorte com esta escolha porque um troço da nacional que dá acesso à Quinta dos Machados estava fechado e o atalho era assustadoramente perigoso. Curvas e contra curvas sem qualquer aviso, sem reflectores, sem bermas, enfim... Para além disso, o Convento de Mafra parecia estar numas valentes obras e isso reflectia-se nos cafés e restaurantes mais próximos. A alternativa mais fácil para o jantar foi mesmo a Telepizza, que até acabou por nos surpreender! Nem imaginam a diferença na qualidade da massa das pizzas, quando comparadas com as que conhecemos cá de Lisboa! Explicaram-nos que ali fazem tudo de raiz enquanto em Telepizzas de outras cidades usam "massa de evento" (pelo que percebi, esta já está pré-feita...).

Os três dias que estivemos fora deram para descansar e para voltarmos restabelecidos para o resto da semana que nos esperava. Por vezes, quando tenho muito trabalho por fazer, custa-me imenso retirar um tempo só para mim porque sinto que o meu dever é estar a trabalhar e que depois posso não ter tempo suficiente para terminar tudo ou para fazer as coisas bem feitas. Já tinha falado com o psicólogo da faculdade sobre esta questão. Ele fez-me ver que mais vale fazer uma pausa e por tudo de lado para depois termos mais energia e disposição para trabalhar, que esses dias compensam sempre. Segui o conselho e lá fui. A verdade é que nos dias seguintes trabalhei cerca de 12 a 14 horas por dia mas esse esforço valeu a pena. Depois, no sábado, fiz mais uma pausa e aproveitámos um voucher que eu tinha comprado pela internet já no ano passado. Fomos dar uma volta de coche por Belém. Nós adorámos a experiência e, de certeza, havemos de repetir. A empresa é a Qtour e foram super supersimpáticos. Parece que tinha pago pelo voucher muito mais do que pagaria no local e ofereceram-nos um passeio para 2, para usufruirmos mais tarde ou para oferecermos a alguém! (a reter!: na compra de vouchers pela internet, visitem sempre o site da empresa para verificarem os preços que praticam. Neste caso tivemos muita sorte e o próprio dono, que se encontrava no local, fez questão de nos compensar mas acho que isso nem é obrigação dele...).

Ah! A apresentação correu muito bem :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...