26 de novembro de 2012

20 questões a colocar sobre o impacto da tralha nas nossas vidas

Como sabem, tenho dedicado algum tempo a destralhar o meu quarto! E, lembrei-me de uma coisa... Eu, apesar de ter tido sempre o meu quarto desarrumado, tinha consciência da confusão instalada mas... e as pessoas que não têm??

Apesar de ver pouca televisão e ter apenas quatro canais, sei que existem programas que se dedicam a ajudar as pessoas que têm uma tendência obsessiva para acumular coisas (na América são conhecidos como "hoarders" ou "packrats"). Já vi alguns episódios desses programas, através do Youtube, e as imagens são realmente chocantes e assustadoras!
A desarrumação que se vê nessas casas é tão grande que a saúde da família que a habita, física e emocionalmente, é posta em risco!

[daqui]
[Aquanasium]

Mas como saber em que lado da linha nos encontramos? Se temos apenas a casa desarrumada ou se já se trata de uma desordem obsessiva-compulsiva?

Geralmente, a pessoa que tem um problema sério não tem consciência da sua verdadeira dimensão. As 20 questões seguintes poderão ajudar a perceber se deve procurar ajuda ou se a resolução do problema passa apenas por uma limpeza e organização profunda da casa. 

Aqui vão:

1 - Sente-se envergonhado para convidar a família ou amigos para sua casa porque não está apresentável?
2 - Sente que é mais fácil atirar ou empurrar um artigo para dentro de uma gaveta ou de um armário do que encontrar um espaço para ele?
3 - Alguma das divisões da casa perdeu a sua função original devido à quantidade de tralha que nela foi acumulada? Existe uma cama onde não seja possível dormir? Uma garagem onde não haja espaço para estacionar o carro ou uma mesa de jantar com pilhas de papel?
4 - A desarrumação tem causado problemas nas suas relações familiares ou entre os seus colegas de trabalho?
5 - Tem dificuldade em falar deste problema por sentir vergonha ou culpa?
6 - Arrenda algum espaço para guardar tralha que raramente utiliza?
7 - Costuma evitar projectos ou atrasar-se com a entrega de trabalhos porque não encontra o seu material?
8 - Tem dificuldades em tomar decisões sobre o destino a dar às suas coisas?
9 - Compra coisas para a casa sem ter um destino específico para elas?
10 - Acredita que terá sempre tempo para limpar a casa, terminar todos os seus projectos e ler as pilhas de revistas e jornais que guardou?
11 - Costuma saltar de projecto em projecto sem concluir nenhum?
12 - Ajuda os outros de forma constante enquanto a sua casa continua completamente desorganizada?
13 - Costuma comprar objectos que sabe que possui mas que não encontra?
14 - Cria uma ligação emocional forte aos objectos que dificulta o seu desapego?
15 - A desarrumação em que a sua casa se encontra prejudica os seus tempos livres?
16 - Tenta evitar, distrair-se ou procrastinar para não lidar com a desarrumação?
17 - A limpeza, organização e manutenção da casa tornaram-se tarefas demasiado difíceis devido à quantidade de tralha que acumulou?
18 - A tralha que acumulou representa um risco real de doenças respiratórias, quedas ou fogo?
19 - A acumulação de tralha tem aumentado ao longo do tempo?
20 – A quantidade de coisas que tem é muito maior do que aquela com que consegue lidar?

Descobri ainda, durante a minha pesquisa, o blogue If I Were a Hoarder (Se eu fosse uma hoarder) escrito por Zoltana, filha de um hoarder e neta de uma hoarder, que debruça-se sobre este tema. Visitem, vale a pena!

[Mazzolaa]


E penso que todos nós já conheceram uma pessoa assim. Eu já! Em vez de acumularem tralha, acumulam gatos... Acho louvável recolher animais da rua ou adoptar animais abandonados mas, como tudo, há um limite!

[daqui]

Sem comentários:

Enviar um comentário

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...