8 de agosto de 2013

O Truque dos Objectivos Simples

 
[daqui]


Sempre que sinto dificuldade em atingir um objectivo, em organizar-me, tenho recorrido ao livro Power of Less de Leo Babauta. Imagino o que ele diria se lhe apresentasse pessoalmente o meu problema, vou procurando ideias e sugestões que Babauta partilha e que mais se aplicam à situação actual e reorganizo as minhas ideias.

Acontece-me muitas vezes (e sei que não sou a única) sentir muita motivação e muita energia no início de um desafio, entregar-me por completo e, depois, atingir a exaustão passado pouco tempo. Afinal não é isso que acontece sempre que definimos uma lista de objectivos para o ano novo?

Aconteceu-me de novo. Mudei de casa, cheia de energia para limpá-la e organizá-la. As duas primeiras semanas foram dedicadas a isso mesmo, só restava tempo para comer e dormir. Não estava sempre a limpar ou a arrastar móveis mas todas as tarefas acabavam por se focar na nova casa. Quando ficava cansada das arrumações, dava uma volta e procurava os produtos que me faltavam. Cheguei a adormecer e a acordar no dia seguinte focada nas limpezas!
Claro que não aguentei este ritmo e acabei por fazer uma pausa. À medida que ia passando para a divisão seguinte, apercebi-me que não podia apenas fechar a porta das divisões já organizadas, também é preciso fazer a sua manutenção! Tinha-me tornado numa dona-de-casa à beira de um ataque de nervos!

Peguei no livro e, no capítulo 6, Start Small, encontrei respostas.

Este capítulo falava precisamente do entusiasmo que sentimos quando resolvemos mudar algo nas nossas vidas e como começamos sempre com grandes ambições.

Eu queria tratar de toda a casa em três semanas ou um mês mas caí no erro de definir um objectivo irrealista. 

[timsnell @ flickr]

Porque é então tão importante definirmos objectivos simples?

  • Torna-se mais fácil manter a energia e o entusiasmo durante mais tempo. Ao definirmos pequenos objectivos que consigamos sempre atingir, construímos a nossa confiança e entusiasmo que alimenta a nossa energia para os objectivos seguintes.
  • São fáceis. Devemos sempre promover o nosso sucesso e nunca definir objectivos que nos conduzam, com grande probabilidade, ao fracasso e a sentimentos de frustração.
  • Asseguram o nosso sucesso. O objectivo é tão simples que o sucesso está, praticamente, garantido. Claro que a satisfação em atingir um objectivo simples não é a mesma que atingir um objectivo maior mas, a longo prazo, pequenos sucessos, após pequenos sucessos, geram grandes conquistas!
  • São mais duradouros. Mudanças graduais são mais favoráveis à construção de hábitos e manutenção destes. Esta é uma das razões que explica por que uma pessoa depois de seguir uma dieta drástica, volta a ganhar o peso anterior: não houve tempo para criar novos hábitos alimentares, nem tão pouco de um estilo de vida saudável.


Também costumas cair neste erro? Definir grandes objectivos e desmotivares depressa?

2 comentários:

  1. Muitas vezes. Depois paro. O melhor é dar um passo atrás e dois para a frente.

    Agora fiquei com saudades de voltar a ler o Leo :)
    Quero pegar no livro como se fosse a primeira vez :)

    ResponderEliminar
  2. Eu bem tento simplificar os meus objectivos, mas só sei pensar em grande! lol

    Ando a treinar essa questão... com a prática hei-de lá chegar, não? ;)

    ResponderEliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...