11 de junho de 2014

Sumo Verde de Ananás e Maçã

Ontem, antes de me deitar, dediquei-me à leitura de um artigo sobre sumos detox que saiu há uns tempos na revista Sábado. Já tinha experimentado algumas variedades nuns workshops da última Feira Alternativa em Lisboa mas, sinceramente, não gostei de nenhum... Achei o sabor sempre muito "agressivo".

Ao ler o artigo, as vantagens de beber estes sumos eram óbvias mas as más experiências que tive mantinham-me um pouco céptica... No entanto, hoje de manhã, decidi dar uma nova oportunidade! Com a revista Sábado vieram 30 receitas de sumos detox, eu inspirei-me nelas e fiz o meu próprio sumo, usando ingredientes que à partida indicavam que a experiência, desta vez, iria ser bem sucedida. O artigo também traz as regras para criar um sumo detox:
  • Folhas verde-escuras (espinafres, agrião, couve, rúcula, acelga): até 2 tipos
  • Ervas (salsa, coentros, hortelã, erva-doce): 1 tipo
  • Legumes (pepino, agrião, alface): até 2 tipos
  • Raízes (gengibre, cenoura, beterraba): 1 tipo
  • Algas (spirulina, clorela): 1 tipo
  • Sementes (linhaça, chia, girassol, cânhamo): 1 tipo
  • Fruta (limão, laranja, banana, abacaxi, morangos): até 2 tipos

Eu fiz vista grossa (o objectivo também não era fazer um sumo detox, apenas um sumo saudável para começar a manhã da melhor forma possível!) e, para o meu sumo, escolhi...


Sumo Verde de Ananás, Maçã, Agrião e Limão:
  • 1 fatia grossa de ananás
  • 1 maça
  • sumo de 1/4 limão
  • um pequeno ramo de agrião
  • água, até atingir consistência/diluição desejada
 
[Copyright: Sara Duarte]

Adorei o sabor e a textura, a maçã e o ananás deram-lhe uma textura aveludada (juntei pouca água para não diluir muito e conseguir obter esta textura) e o sumo ficou mais doce do que esperava. O agrião cru é um pouco picante mas o açúcar da maçã sobrepôs-se a isso.

Os ingredientes deste sumo tornam-no rico em vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C, ferro, potássio, fósforo e cálcio. E, mais uma vez, utilizei a liquificadora e não filtrei o sumo para não perder a fibra das frutas e do agrião. O sumo deve ser bebido assim que é feito para não perder os seus nutrientes e as suas propriedades antioxidantes.


Haverá melhor maneira de começar o dia?

4 comentários:

  1. Eu ando há algum tempo para experimentar esses sumos...mas ainda não fiz com receio que não goste! Depois de ler o teu post, acho que ser desta que experimento :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo perfeitamente. Eu quando experimentei os primeiros até estava curiosa e não gostei nada! Mas experimenta este, fica doce e muito aveludado! :)

      Eliminar
  2. Obrigada Sara por esta partilha. Também tenho curiosidade e algum ceticismo relativamente a estes sumos. A receita que experimentaste tem tudo o que eu gosto e agora fico mesmo tentada a experimentar também! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também torço um pouco o nariz a sumos detox... Fiz este no sentido de me alimentar melhor e ingerir mais vitaminas e fibras (e, entretanto, como substituí os cereais açucarados da manhã pelos sumos e batidos, também ingiro menos açúcares e gorduras). Como dá para perceber pelas "regras" que anotei do artigo da revista Sábado, o sumo que aqui partilhei nem pode ser considerado como um verdadeiro sumo detox mas o meu objectivo principal era fazer um sumo saudável e agradável! (arrisco dizer que alguns sumos detox devem ser intragáveis!). Experimenta este, fica mesmo bom :)

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...