18 de abril de 2013

Reflexão sobre estratégias para poupar dinheiro

Este mês já experimentei duas estratégias para poupar dinheiro - esta e esta - ponderei sobre os aspectos positivos e negativos de cada, verifiquei quanto conseguia poupar em cada um dos casos e cheguei a uma conclusão: vou regressar à primeira opção!
 
[daqui]

A estratégia que consiste em pôr de parte as moedas de 1 e 2 euros começou por ter algum impacto. Para além de poupar diariamente (é necessário retirar, todos os dias, as moedas referidas da carteira e pô-las num mealheiro), o facto de gastar tanta nota obrigou-me a ponderar bastante cada compra que fazia. No entanto, aos poucos, esse efeito foi-se desvanecendo e ficou apenas gravada a regra de colocar as moedas de parte. 
Passadas umas semanas tenho de dar razão à Sandra D. que, num comentário, referiu que desta forma o dinheiro “fugia” da conta. Na altura não me apercebi do real impacto que isso poderia ter mas hoje, ao ver a minha conta à ordem, fiquei com dores de cabeça. Acho que nunca "gastei" tanto como no último mês ou pelo menos aparentemente. Claro que parte desse dinheiro está convertido em moedas (muitas mesmo) no mealheiro mas o “buraco” na minha conta bancária deixa-me deprimida. 
 
[daqui]

Decidi então voltar à primeira estratégia: deixar o cartão em casa e fazer um levantamento no início de cada mês e por uns 20€ na carteira por semana, limitando as refeições fora e cafés a esse número.

E regressando à questão do registo diário dos gastos... nem sei como não nos ocorreu isto! Agora, em qualquer compra feita, dão-nos factura por isso basta guardá-las e anotar tudo num bloco pelo final do dia...  Assim não escapa nada!

4 comentários:

  1. Gosto muito dessas dicas de poupança :) A verdade é que quando pagamos com o cartão, parece que não temos a noção de que de facto o dinheiro está a sair da nossa conta... enquanto que, ao usar notas, moedas... Tem mais impacto, pelo menos para mim, e dá-me menos vontade de gastar! :P
    Beiijinho e obrigada pelas preciosas dicas*

    ResponderEliminar
  2. Oi Sara!!!

    Eu faço as 2 coisas! Tenho um cofre (um porco bem grandinho) que junto moedas de R$0,50 e R$1,00 com objetivo de gastá-las em minha próxima viagem.
    E ando com dinheiro contadinho em bolsa!!!! Sem chances de estripulias!

    Boa sorte pra nós!!!!

    Bjim...........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem Lu, assim é mesmo impossível gastar qualquer cêntimo a mais!! Eu já voltei à minha primeira estratégia e acho que vou mantê-la. Uma amiga aconselhou-me a por de parte apenas as moedas de 2€ para não sentir o dinheiro a desaparecer tão depressa da conta. Talvez faça isso também!

      Eliminar
  3. Eu desde pequena que tenho uma panca (mesmo panca) em guardar os centimos. Sempre detestei principalmente em supermercados atrasar as filas para apanhar e contar os centimos então sempre tive imensos amontados na carteira. Resolvi começar a por no peteiro (até um pouco inspirada pelo Tio Patinhas: todos os centimos contam). E desde Setembro k tenho feito o seguinte: por semana tenho 20/30 euros na carteira q é para almoço transportes por ai. E á sexta feira ponho as moedas todas k m sobram no peteiro . Já fiz algum dinheiro.

    Beijos
    Sofia G

    ResponderEliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...