8 de dezembro de 2011

(Not!) Made in China

Quando a China acordar, o mundo estremecerá ~ Napoleão Bonaparte

Há cerca de um mês fiquei chocada com notícias relativas a armazéns onde guardam os alimentos de origem chinesa, como estas aqui e aqui (recomendo vivamente a todos os estômagos sensíveis e, recentemente, alimentados que passem à frente o vídeo desta última notícia). Desde então, tenho evitado os restaurantes chineses, os quais já frequentava com menor assiduidade porque já tinha ouvido uns zunszuns sobre a falta de higiene e correcto armazenamento dos alimentos, mas nunca nada tão grave como agora salta à vista.

Entretanto, encontrei também o post Are You Listening, Steve Jobs? de uma americana, residente na China, que enquanto se passeava pelas ruas da cidade onde mora encontrou uma loja da Apple... falsa! O caso é tão grave que os próprios empregados acreditam estar a trabalhar para a (verdadeira) Apple!
Ora bem, se se enganam entre eles sem piedade, não imagino até onde poderão chegar connosco...

E alguém se lembra de, há uns quatro ou cinco anos, falar-se sobre a segurança dos brinquedos para as crianças, fabricados na China? Dizem que este ano muitas pessoas têm feito parte das compras de Natal nas lojas chinesas, dado que os preços lá praticados deixam os produtos nacionais ou da Europa, em geral, a um canto. Apesar de não ter filhos, a simples ideia arrepia-me. Bem sei que surge sempre esta "necessidade" de comprar mais qualquer coisinha para a criança mas entre mais uma prenda e a sua saúde, nem preciso dizer mais nada, certo?

Bem recente foi, também, o caso das tintas de cabelo. Uma rapariga após aplicar uma tinta, comprada numa loja de chineses, ficou com parte da cabeça e orelha queimadas, supostamente devido à presença de uma substância tóxica. E parece que a tinta nem foi fabricada na China mas sim em Espanha, como podem ver aqui.


Na realidade, nem deveria ser necessário qualquer um destes exemplos para me fazer despertar. Não é que fosse ingénua mas fechava os olhos. Shame on me.
Tenho amigos que sempre recusaram comprar o que quer que fosse numa destas lojas, bem antes de todo este escândalo pela simples razão de que é uma concorrência injusta e que devemos preferir, sempre, os nossos produtos e as nossas lojas de bairro. Eu, pelo contrário, sempre que não encontrava qualquer coisa que precisasse, fosse peça de roupa, de calçado, papelaria e até telas, ia ao Chinês. Por ser barato e por ser prático. Afinal, eles estão em todo o lado, numa só rua é possível não ter dedos para contar as ditas lojas. 

Mas hoje digo que ia ao Chinês porque decidi que não podia deixar esta resolução para 2012, tinha de a cumprir ainda este ano. Eu, finalmente, disse NÃO aos chineses, quer em versão loja ou restaurante. Faz hoje um mês que não compro no chinês e depois de tudo o que escrevi, depois de ter relembrado alguns pormenores deste comércio injusto (e porcalhão, porque é mesmo esse o termo), pondero não só acerca das lojas chinesas como acerca de qualquer produto feito na China. Mas algo me diz, que isso vai ser outra luta e bem mais difícil de vencer...

2 comentários:

  1. Eu desde que apanhei um valente susto à cerca de uns cinco anos com coisas dos chineses, muitoooo raramente lá compro o que quer que seja. Só mesmo telas e e...
    Por acaso, não fui eu que comprei o que causou problema, mas só depois de o computador explodir (com direito a faísca laranja e fumo cinzento =/ ) é que descobri que a ficha de cinco tomadas era dos chineses. E depois da lâmpada do candeeiro de tecto fazer puff e desfazer-se em pedaços pelo quarto fora (sorte a minha que estava à porta =/ ) também. Bem, isto é a qualidade do material eléctrico vendido na loja dos chineses.

    ResponderEliminar
  2. Nem imagino o susto que deves ter apanhado, para não falar de teres ficado sem computador... há uns dias o meu teve de ir para arranjar (o teclado não funcionava) e foi o que foi... Deduzo que não se tenham responsabilizado por nada...
    Mas fiquei com medo porque o meu relógio alarme foi comprado no chinês e fica mesmo perto da minha cabeça enquanto durmo... my god.

    ResponderEliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...