29 de janeiro de 2012

Ideias para Poupar nas Contas de Casa

 by Alan Cleaver
Faltam apenas três dias para o início de Fevereiro e existem duas coisas que me preocupam com a chegada desse mês e ambas relacionam-se com a minha mudança de casa. Uma delas tem dado azo a alguns pesadelos: os elevadores. Mas não é este que venho partilhar hoje convosco. 
A outra questão que me preocupa é o dinheiro. Será que vai ser suficiente? Será que vou conseguir poupar?

Por um lado não acho que seja uma preocupação "válida" porque tenho dois pais que sempre trabalharam e sempre compraram todas as coisas de que precisei. Nunca senti a crise na pele, enquanto todos os dias passo por um número relevante de mendigos na rua e sei que existem milhares de desempregados com filhos para criar. Tenho plena consciência de que, sem os meus pais, as coisas seriam bem diferentes para mim.


Entretanto vou mudar de casa e, pela primeira vez na vida, terei contas para pagar:
  • Gás, 
  • Electricidade, 
  • Condomínio, 
  • Tv/Telefone,
  • e todas as outras que vocês conhecem bem melhor que eu. 

E essa é talvez uma das razões principais do meu medo: o desconhecido. Eu não sei, por exemplo, o que é uma conta de electricidade "normal", "baixa" ou "alta" por pessoa.

Enquanto estudo a tempo inteiro e trabalho de graça em investigação, recebo uma mesada do meu pai. Se não ocorrer nenhum imprevisto, suponho que isto se mantenha até conseguir ser financeiramente independente dos meus pais. Mas, como não sou do género de pessoa que se encosta à bananeira, a minha intenção é voltar a dar explicações e ir arranjando outras formas de ganhar uns trocos (seja como babysitter, a passear cães, alguma coisa se há-de arranjar, espero eu...). E, simultaneamente, vou tentar poupar ao máximo. Presumo que esta venha a ser a parte mais complicada da coisa.

Quanto às contas certas da casa já decidi passar o meu primeiro mês a fazer tudo como sempre fiz e ver quanto é a conta pelo final do mês.
A partir daí, vou fazendo pequenas mudanças para ver se consigo poupar, sem chegar ao extremo de andar com uma vela pela casa de noite... até porque esse é outro assunto que me preocupa: a noite.
A solução que mais me agrada seria ir recolher, a um canil ou instituição, um cão bem grande e preto que meta respeito mas apercebo-me, agora, que quanto maior for, mais dinheiro devo gastar na comida e vacinas...
Sinceramente não sei se estou a ficar maluca ou se isto são as preocupações normais de uma pessoa que paga contas.

Eu sou, por norma, uma pessoa poupada na água, na electricidade e no telemóvel. Só a gasolina é que fica mais difícil mas também tenho arranjado formas de poupar...


O que eu prevejo que se torne mais difícil poupar é o que gasto em:
  • compras para a casa, 
  • refeições que tomo na faculdade, take-away e restaurantes, 
  • em livros, 
  • produtos de beleza, 
  • roupa, malas e sapatos. 

Para poupar já pensei nas seguintes soluções:
  • fazer as refeições em casa e levar para a faculdade
  • reduzir o restaurante a uma ida por mês
  • eliminar, de todo, o take-away (vou criar excepção para os iogurtes e sundaes do Mac.)
  • vou estar (ainda) mais atenta às promoções nos supermercados e talvez passe a comprar através do continente online para poupar gasolina e tempo (mais em "5 dicas para poupar no supermercado")
  • quanto aos livros, vou tentar limitar-me à biblioteca da faculdade e ás bibliotecas públicas de Lisboa
  • vou começar a fazer alguns produtos de beleza com produtos caseiros (fica muito mais barato, é mais saudável e é uma das formas de reduzir a pegada ecológica)
  • por fim a roupa, acessórios, etc. vou fazer um grande esforço para deixar de comprar em quantidade e passar a comprar pouco e de qualidade
O meu objectivo principal é manter os gastos sempre bastante abaixo da mesada que vier a receber para conseguir poupar. Tenho lido algumas coisas sobre poupanças e muitas pessoas definem uma percentagem para cada tipo de gastos e para amealhar...


O que fazem para poupar nas contas certas do final do mês? Conseguem poupar?
Mais blogues sobre como poupar aqui.

Sem comentários:

Enviar um comentário

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...