21 de janeiro de 2012

Owen & Mzee. Histórias que inspiram...

What is friendship, but a single soul dwelling between two bodies...~ Aristotle 


Owen & Mzee @ Haller Wildlife Park, Mombasa, Kenya

Decorria o ano de 2004, mais precisamente a madrugada do dia 26 de Dezembro, quando ocorreu o terceiro maior terramoto, registado por um sismógrafo. O epicentro, localizado na costa oeste de Sumatra, na Indonésia, gerou ondas com alturas até 30 metros. Este sismo acabou por provocar uma série de replicas, em pontos muito distantes do epicentro (ex.: Alaska) tendo, em conjunto com o sismo principal, originado a morte de, aproximadamente, 230.000 pessoas num conjunto de catorze países.

Creio que todos nós guardamos na memória imagens muito violentas, que passavam constantemente, em todos os telejornais nesse dia e semanas seguintes.
Por mero acaso, soube de (mais) uma história que decorreu desta tragédia e me emocionou. Desta vez a história vinha sob a forma de quatro patas.

A vida animal, como devem calcular, foi também muito afectada, várias espécies de milhares de animais foram mortas num só dia. 

Nesta tragédia, houve um bebé hipopótamo que ficou separado da sua família, tendo sido arrastado ao longo de um rio até ao Oceano Índico. Este bebé hipopótamo foi, entretanto, salvo e transportado até ao Haller Wildlife Park, um santuário de vida selvagem em Mombasa, no Kenya. 

Assim que se ambientou, correu até uma tartaruga gigante chamada Mzee (significa "homem idoso") de 120 anos. Em poucos dias, tornaram-se amigos inseparáveis, comendo e dormindo juntos. O bebé hipopótamo, apelidado de Owen, foi visto, diversas vezes, a lamber a tartaruga, considerando-a então como sendo a sua nova mãe, apesar da tartaruga ser macho. Aprenderam a comunicar um com o outro, através de sons que emitiam e permaneceram juntos no parque natural até 2007.

Entretanto a Mzee e o Owen foram separados devido ao instinto excessivamente protector de Owen, que dificultava, muitas vezes, o tratamento de Mzee. Apresentaram ao Owen, antes dessa separação, uma hipopótamo adulta que tinha perdido o seu único companheiro, há sete anos atrás, e que desde então não socializava. O Owen conheceu a Cleo através de uma cerca, sendo o objectivo a longo prazo, ter os três a viver juntos, respeitando-se mutuamente.


Imagens retiradas do documentário de Owen & Mzee

Mais sobre a história de Owen e Mzee neste espectacular documentário - Owen & Mzee. The True Story of a Remarkable Friendship - de download gratuito.


Eis algumas das frases que achei inspiradoras no documentário!:
  1. "At least, two animals maybe have a spirit of love. It's not very easy for one to stay with another but I know these two have managed."
  2. "I think it gives people hope that these relationships can happen. The world is breaking down (...) all around us, with the horrible things that are happening, that something so beautiful can still happen."
  3. "If a turtoise can go together with a hippo, maybe a Christian can go together with a Muslim."
  4. "Science can't always explain what the heart already knows. Our most important friends sometimes find us when we least expect them. (...) as Owen and Mzee have already shown us, anything is possible.."

2 comentários:

  1. que historia tão doce... é bom ver que entre os animais não há diferenças de espécies, raças ou territórios. Dos seres-humanos, de quem se deveria exigir mais capacidade de compreensão, já não podemos dizer o mesmo.

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente tens razão... Todos conhecemos histórias reais, e bem próximas de nós, de todo o tipo de preconceito possível. Como sou bastante observadora, acabo por reparar em muitas situações onde existe, claramente, o preconceito.
    Também eu tenho os meus. Mas penso que se faz a diferença quando temos consciência deles, quando tentamos perceber a sua origem e decidimos contrariá-los. Eu pelo menos tento isso.

    Mas existem muitos casos extremos. Existem pessoas que têm orgulho nos seus preconceitos, que acham que são superiores. E estes limites, que já assisti e me deixam muito chocada, sei que nunca vou compreender...

    Este é, decididamente, um daqueles temas que dá pano para mangas!

    ResponderEliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...