30 de janeiro de 2012

5 dicas para poupar no supermercado

by Mr. Mark
Existem determinadas contas que não se podem evitar. Todos nós precisamos de água, electricidade e, entre outras, ir ao supermercado, seja uma vez por semana ou uma vez por mês. No entanto, há escolhas que se podem fazer para gastar menos. Existem, cada vez mais, vales de desconto, promoções seja na versão "leve 2, pague 1" ou associadas a um cartão e, para além disso, podemos planear cada ida ao supermercado de forma a trazer tudo aquilo que precisamos mas gastando menos.

Deixo-vos aqui cinco sugestões de como planear cada ida ao supermercado, gastando o menos possível:

1. Fazer uma lista de compras. Se em casa tivermos a despensa bem organizada é possível fazer, rapidamente, uma lista com os artigos que são realmente necessários, evitando a acumulação de produtos alimentares e, portanto, os desperdícios devido às datas de validade.

2.  Utilizar os vales de desconto e aproveitar as promoções.  Ainda em casa, deve-se consultar o folheto do supermercado - quase todos têm esse folheto disponível na sua página de internet - e verificar se algum dos produtos comprados regularmente constam nesse folheto. Se a data de validade desse produto tiver alguma margem, deve ser adicionado à lista mesmo que ainda haja em casa. Quanto aos vales de desconto, o maior cuidado a ter é organizá-los por data de validade e começar por aqueles que têm uma data mais próxima.

3. Optar pelos produtos de marca branca.
Quando optamos por produtos de marca branca, é possível encontrá-lo por metade do preço. Regra geral, a qualidade deste é semelhante à dos produtos de marca isto porque, muitas vezes, um produto que é vendido sob a marca de um supermercado é, na realidade, de uma outra marca que fez acordo com o supermercado.

4. Não utilizar o carrinho ou o cesto de compras.
Sempre que o objectivo é comprar poucos artigos, deve-se ir directamente aos corredores pretendidos e daí até à caixa. Quando se leva um carrinho ou um cesto de compras, a tentação de comprar artigos extra é maior porque, desta forma, são fáceis de transportar e não estão limitados à capacidade das nossas mãos e/ou truques de equilíbrio.

5. Não levar crianças.
Muitas vezes fica difícil recusar a uma criança um pacote de batatas-fritas, um pacote de bolachas ou o brinquedo que o amigo tem, os pais acabam por ceder para evitar uma birra, tornando o objectivo inicial, poupar, numa tarefa quase impossível.
A partir de certa idade, quando a criança já sabe fazer contas, já deve ser incluída nas idas ao supermercado para que aprenda a poupar, desde cedo, com os pais e para compreender uma das utilidades da matemática.

3 comentários:

  1. opto, regularmente, pelas marcas brancas... a qualidade é igual às dos produtos de marca!

    ResponderEliminar
  2. Sim, geralmente, é verdade. Há produtos que experimentei logo em marca branca e até hoje são dos meus preferidos como, por exemplo, os cereais de frutos vermelhos e os iogurtes em copo grande, ambos do continente. E desde que conheci o desodorizante e o óleo da marca Dia, não quero outra coisa :)

    ResponderEliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...