5 de janeiro de 2013

Destralhar o Guarda-Roupa #1

Eu preferi deixar a organização da roupa para último plano. Não foi um mero acaso, percebi que destralhar e organizar roupa iria ser uma tarefa bastante complicada e não queria que isso atrasasse tudo o resto.

Eu gosto de ver montras, gosto de conhecer as tendências e, durante algum tempo, comprar roupa funcionava como uma terapia de relaxamento. Claro que isso teve uma consequência óbvia: demasiada roupa acumulada no armário...

Ontem enchi dois sacos de roupa, que deixei num contentor Humana. Esse foi o primeiro passo para a próxima etapa de Simplificar a Casa, Simplificar o Guarda-Roupa.


Para facilitar o processo, comecei por destralhar alguma roupa que já não me serve.



Ainda tenho algumas coisas que não me servem mas nem sempre é fácil agarrar em tudo de uma só vez e colocar num saco. Mas mais importante do que demorar um mês, meio ano ou um ano a destralhar roupa é definir um limite para roupa nova. 
Por exemplo, este ano decidi que não iria aos saldos. Nos dias em que ficou mais frio percebi que me faltavam algumas camisolas quentes e tratei logo dessas compras (comprei cinco). Depois faltava também um casaco de inverno escuro e decidi comprar um preto. E essas foram as minhas únicas compras desde Setembro até hoje. 

No guarda-roupa terão de sair mais peças de roupa do que aquelas que entrarem até conseguir organizar tudo. Depois disso, irei tentar apenas comprar uma peça para substituir outra e, nesse caso, quando a nova entrar, a velha terá de sair. Só assim é possível manter a organização!

O meu objectivo final é conseguir organizar o meu guarda-roupa para que fique parecido com este:



Muito organizado, não acham??


4 comentários:

  1. Bem essa foto do roupeiro é fantastica. i wish.
    Tambem, tal como tu, ando nessa demanda. Primeiro organizei e arrumei o quarto todo, podes espreitar aqui: http://desabafosecoisas.blogspot.pt/2012/09/remodelacao-do-quarto-fotos-antes-depois.html
    agora, tal como tu, dediquei-me a roupa.

    Tenho um "segredo" sempre que pego numa peça de roupa para vestir e ela já não me serve, ou simplesmente não gosto vai directamente para o saco das doações (tenho sempre um na despensa). Sempre que tou no armário a escolher roupa e encontro aquela peça que não visto à séculos porque já não gosto, saco também!!! a pouco e pouco vai-se dando uma limpeza.

    ResponderEliminar
  2. Gostei desse método Frutinha, acabas por destralhar roupa sem teres de dedicar uma tarde inteira a essa tarefa. Vou passar a fazer o mesmo!

    ResponderEliminar
  3. Sara, eu já destralhei bastante o meu armário e concordo com você que é preciso estabelecer limites, mas como fazer isso? Já tentei fazer uma lista com as peças que considero necessárias para formar um armário minimalista e ao mesmo tempo adequado à minha vida. O problema é que a lista começa a ficar enoooorme... Gostaria de ter as quantidades definidas, assim eu sempre teria aquela quantia de cada tipo de peça de roupa e só reporia as que estivessem estragadas ou eu não usasse mais, como você planeja fazer. Você podia fazer um post sobre a forma que encontrou pra definir esses limites.

    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda estou no início do processo mas sempre que houver evoluções vou partilhando aqui. Também tinha planeado fazer uma lista com as peças base de um guarda-roupa, para facilitar o sistema one in, one out.

      Vamos lá ver como isto corre!

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...