27 de janeiro de 2013

Simplificar a Alimentação: Desafio 3

O objectivo principal do projecto Simplificar a Alimentação (que já tem um botão na barra lá em cima) é adoptar uma alimentação saudável e pôr-me em forma.

Todos os domingos proponho um objectivo para adoptar durante a semana e, no sábado seguinte, partilho aqui os resultados. A partilha será ainda mais gira se me acompanhares neste desafio para trocarmos ideias no final de cada semana!
 
Estas foram as primeiras alterações que decidi fazer:

  1. Sempre que me apetecer comer um doce, vou dar três voltas à casa. Se ainda me apetecer o doce, como uma peça de fruta.
  2. Beber mais líquidos (água e chá).

Hoje venho propor a terceira alteração:

3 - Anotar a alimentação e efeitos secundários sentidos (barriga inchada, cãibras abdominais, borbulhas, etc.).

Quando decidi começar o projecto Simplificar a Alimentação tinha acabado de conhecer o desafio da Sandra para 2013. Como a Sandra é intolerante à lactose, decidiu eliminar todo o tipo de produto lácteo da sua alimentação. Mas para continuar a beber o seu café com leite matinal, procurou uma alternativa ao leite. No ervanário, a Sandra descobriu o leite de aveia que a tem acompanhado todas as manhãs desde então.

Há uns oito anos atrás, quando me apercebi que também me custava digerir o leite, substitui-o por leite de soja. Durante um ano consumi bastantes produtos à base de soja e, simultaneamente, comecei a ficar muito inchada (parecia um peixe-balão!) e com a zona do pescoço cheia de borbulhas enormes. Como não conhecia ninguém alérgico à soja, nem me passou pela cabeça que pudesse ser a soja a causa. Quando li, por acaso, que a soja é um alergéneo bastante comum, eliminei todos os alimentos que a continham e as borbulhas foram desaparecendo aos poucos.

Resumindo, voltei ao leite de vaca e à sensação de estômago pesado durante toda a manhã. Quando falei disto à Sandra, ela sugeriu-me experimentar o leite mimosa 0% lactose e agora não quero outra coisa! Nunca mais voltei a sentir o estômago pesado, nem a digestão lenta!

Como sabia que era alérgica a mais coisas para além da soja (camomila, aloé vera, pimentos e mexilhão) fiz, há uns anos, alguns testes de alergias e descobri que também devo evitar a pescada (!) e o chocolate...


Mas, além das alergias, também podemos ter intolerâncias alimentares como acontece com o caso do leite. Em vez de aparecerem borbulhas ou sentirmos falta de ar, o estômago fica inchado e/ou pesado, a digestão muito lenta e, por vezes, surgem cãibras abdominais! Existem dias em que isso ainda me acontece, por isso, falta-me descobrir pelo menos um alimento/nutriente que me faz mal...



[daqui]


Portanto, o objectivo será apontar tudo o que como durante o dia e efeitos secundários para verificar se existem alimentos comuns nos dias em que me sinto inchada ou me aparecem borbulhas. Depois partilho  os resultados desta investigação!


Também sofrem de alergias ou intolerâncias alimentares?

4 comentários:

  1. Olá Sara, passei para ver o desafio desta semana e para lhe dizer que sou comapnheira nesta luta. O leite (que adoro) faz-me dor de estomago...o resto vou anotar durante a semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana! Fico muito contente de ter mais uma companheira neste desafio! Pela tua descrição, parece não haver dúvida que também tens intolerância à lactose. Experimenta o leite 0% lactose, o sabor é idêntico, assim como a textura, aconselho-o vivamente! É realmente um alívio quando essas dores desaparecem... Quanto ao leite de aveia, nunca experimentei mas a Sandra está a adorar!

      Eliminar
  2. Fico feliz por ter ajudado alguém, Sara :) Esta semana experimentei o leite de arroz. Com sabor mais suave que o de aveia, parece que a digestão é ligeiramente pior. E confesso que adorei o sabor da aveia por isso em acabando o pacote, volto a ele, desta vez enriquecido com cálcio. Também já provei de aveia com amêndoas, mas não apreciei por aí além.
    Nunca tinha ouvido falar em alergia à camomila... no meu caso, não a bebo mas é a minha salvação para acalmar a pele em caso de alergia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu demorei imenso tempo a descobrir a alergia à camomila. Quando era crianças, pela altura da Primavera, ficava com o corpo cheio de borbulhas bem grandes e a comichão era horrível. A minha mãe sempre pensou que fosse alergia ao pólen. Mais tarde, deixei de ter esses surtos e fiquei sem perceber porquê. Há uns anos atrás, comprei uns sumos de limão e camomila para beber no Verão. Após a primeira embalagem, voltei a ficar como antigamente, cheia de babas. Olhei para os ingredientes e a única coisa que havia "diferente" era a camomila. Quando falei sobre isso com a minha mãe, ela contou-me que na Primavera mudava sempre o meu champô para o de camomila para aclarar um pouco o meu cabelo! Depois de anos sem perceber o que se passava, foi um alívio descobrir que o problema era a camomila! Desde então, nunca mais, nem chá, nem creme, nem champô! Nada!

      Eliminar

São os comentários que tornam o blogue num sítio especial. Partilha aqui a tua opinião. Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...